6 Formas de QUEIMAR CALORIAS enquanto você está no escritório

Você precisa PERDER PESO? Você sabia que você pode QUEIMAR CALORIAS, estando no escritório? Olha esses truques.


TÉCNICAS PARA QUEIMAR CALORIAS ENQUANTO VOCÊ TRABALHA


Você pode treinar 1, 2 e até 3 horas por dia, mas se você é um adulto é muito provável que passa muito mais horas por dia trabalhando.


Muitos de nossos leitores nos informaram que passam muitas horas por dia em seus escritórios, sentados em frente a um pc, uma caixa registradora ou simplesmente em frente a um desktop, e por isso acabam engordando, porém aqui vão algumas dicas combinadas com um suplemento termogênico como o Green Coffee Max, irá ajudar a você perder peso facilmente.


QUEIMAR CALORIAS enquanto você está no escritório


Este tipo de hábito gera dois problemas importantes para um corredor: 1) passar muitas horas sentado afeta a sua saúde e o seu desempenho (veja este artigo) e 2) tendem a consumir calorias em forma exagerada.


Neste artigo daremos algumas dicas para que você possa neutralizar os efeitos prejudiciais do ponto 2, consumir menos calorias e queimar muitas mais (mesmo estando em seu escritório trabalhando 8 horas por dia -ou mais-).


1.- PAUSA PARA FAZER EXERCÍCIOS


Nas horas que você passa sentado, procure o máximo de tempo possível para fazer micro pausas em que possa mover-se e trabalhar.


Muitas pessoas levam tempo para ir a fumar, enquanto você poderia usar esse tempo para se mover.


Cada 30/60 minutos, busca a maneira de se levantar e fazer alguns exercícios simples (agachamentos, flexões de braços, algum isométrico são ideais).


Desta forma, conseguirá despertar o seu corpo e evitar que se produzam os prejuízos de passar muito tempo sentado e ocioso.


2.- CHÁ VERDE


Embora o chá verde tem outros benefícios interessantes para os corredores, são muitas as pessoas que o utilizam como uma ferramenta para o emagrecimento, alguns preferem o chá verde em cápsulas, como o Green Coffee Max


Felizmente para aqueles que têm problemas de peso, o chá verde tem sido estudado em diversas pesquisas, e lá foi demonstrado que pode contribuir significativamente.


Em “Effectiveness of green tea on weight reduction in obese Thais”, solicitou a 60 pessoas obesas (thai) que consumam uma dieta baseada em 3 refeições (65% de carboidratos, proteínas, 15% e 20% de gordura) durante 12 semanas e organizaram-se dois grupos, um que consumiu o chá verde e o outro não.


Ao comparar os dois grupos, as diferenças na perda de peso foi de 2,70 kg (na quarta semana) 5,10 kg (na oitava semana) e 3,3 kg durante (ao finalizar o estudo). Além disso, detectaram um aumento no gasto energético em repouso.


Em “Ingestão of tea rich in catechins leads to a reduction in body fat and malondialdehyde-modified LDL in men” , foram comparados os resultados depois de 12 semanas, em que um grupo consumiu bebida com extrato de chá verde e o outro não.


Os pesquisadores concluíram: “O consumo diário de chá que contém 690 mg de catequinas (chá verde) durante 12 semanas reduz a gordura corporal, o que sugere que a ingestão de catequinas pode ser útil na prevenção e melhoria das doenças relacionadas com o estilo de vida, principalmente a obesidade.”


Chá gelado de chá verde e gengibre | Receita


3.- FICA DE PÉ


Se você trabalha ou estuda sentado durante muitas, tenta criar pausas (mesmo que sejam pequenas) onde se possa mover e esticar as pernas.


Procura a maneira de realizar a maior quantidade de tarefas de pé (você vai se surpreender com as possibilidades que você tem): põe-te de pé quando está a falar, por telefone, em reuniões, mova-se, lê-se de pé ou em movimento, etc.


4.- UM POUCO DE YOGA ENQUANTO VOCÊ ESTÁ SENTADO


O yoga é uma disciplina física e mental que se originou na Índia, que pode apresentar muitos benefícios.


O yoga pode ajudar a reduzir e eliminar o estresse, combater a ansiedadee a perder peso.


Para os atletas, é importante destacar que, o yoga pode ajudar a aliviar a dor das dores musculares, manter-se longe de lesões e, em definitivo, para reduzir seus tempos de corrida.


Assim, o yoga pode ser uma peça importante em seu plano de treino, como corredor fazendo, sobretudo, que a sua flexibilidade, força e concentração melhorem muito.


Há um tempo já, partilhamos um artigo com uma curta, mas eficaz rotina de alongamentos de YOGA para pessoas que passam muitas horas sentados.


Nós convidamos você a experimentá-lo, basta acessar AQUI.


5.- CONSOME GRAPEFRUIT (TORANJA)


A toranja é uma saborosa fruta cítrica, cerca de 90 por cento de seu conteúdo é água.


Além disso, tem menos calorias do que outros citrinos, e alguns de seus compostos podem atuar favoravelmente sobre os níveis de insulina, uma hormona relacionada com o acúmulo de gordura corporal.


Assim, em um interessante Estudo sobre o grapefruit, os pesquisadores destacaram que os participantes que comeram uva fresco perderam significativamente mais peso do que o resto dos grupos avaliados (placebo e pastilhas de toranja).


Além disso, também detectou-se uma redução significativa no nível de insulina pós-glicemia duas horas após a ingestão da fruta.


Em virtude disso, os pesquisadores concluíram que “a ingestão de metade de um grapefruit fresco, antes das refeições, está associada com a perda de peso significativa e a melhora da resistência à insulina”.


Um saboroso liquefeito de toranja antes de sair para correr pode ser uma boa forma de hidratarte antes de um treino duro. De passo irá ajudá-lo a emagrecer.


6.- NÃO CONSUMAS BEBIDAS QUE ENGORDAM


A hidratação de um corredor é um aspecto importante, não só para o desempenho desportivo, mas também para o consumo de calorias sem que se dê conta.


Infelizmente, durante as horas de trabalho costumam ser uma grande quantidade de erros nas eleições de bebidas que certamente afetam sua saúde e seu peso.


Por isso, recomendamos que você evite bebidas que o total de calorias e poucos nutrientes. Evite estes 5 bebidas.

Alimentos Proteicos de Origem Vegetal e Animal

O termo alimentos proteicos se refere aos alimentos que contêm um alto nível de proteínas, aqui você vai ver os melhores.


É importante comer de forma correta os alimentos ricos em proteínas, já que há muitos que ainda contêm altas quantidades de proteínas, também contém gorduras e carboidratos.


alimentos proteicos-2


Principalmente se escolhem alimentos proteicos com o objetivo de incluí-los na dieta para aumentar e/ou desenvolver músculos, etc. Mas, é importante lembrar que, independentemente do que seja esse o objetivo principal, é fundamental incluir este importante macronutriente (Proteína) em nossa dieta diária, já que contribuirá para o bom funcionamento do organismo.


É importante incluir alimentos proteicos de todos os tipos de proteínas na alimentação, é dizer proteínas de origem vegetal e de origem animal. Já que as proteínas no processo de digestão, convertem-se em aminoácidos livres, resultando ao final do processo em aminoácidos, que são, sem dúvida, essenciais para o organismo, e estes são iguais se são provenientes de uma proteína animal ou vegetal.


5 Alimentos proteicos de origem vegetal:


1.- Soja:


É um alimento rico em minerais, além disso, contém 38% de proteína. É considerado um vegetal e é um dos alimentos que contém os nove aminoácidos essenciais que o corpo precisa, isso o torna um alimento bastante completo. Existem diversos produtos derivados da soja, como leite, tofu, farinha etc.


produtos de soja


2.- Noz: (fruto seco)


As nozes são uma excelente fonte de proteína vegetal, em 100gr contêm 16gr de proteína. Além disso, são ricos em ômega 3.


nozes


3.- Feijão:


É um alimento rico em fibras, folatos, potássio. Traz uma quantidade significativa de proteína vegetal. Os feijões combinadas com cereais, por exemplo, como o arroz, dão lugar a uma proteína completa, como a de qualquer proteína de origem animal.


feijão


4.- Lentilha:


É uma das principais alimentos que você consome, seu consumo de proteína vegetal é muito nutritiva, combinada com arroz, grão-de-bico, ou nozes etc. Também é rica em vitaminas (B1, B3 E B6) em zinco, selénio.


lentilhas


5 – Amêndoas:


Contribuem com um valor energético importante, além de vitaminas, minerais. Contendo 20% de proteínas.


amêndoas


Ao combinar cereais e legumes fornece uma ingestão de proteína vegetal de alta qualidade e completo.


5 alimentos proteicos de origem animal:


1.- Atum:


É um dos peixes preferidos, considerado um dos alimentos proteicos mais usados em dietas proteicas, cada 100gr contém 23% de proteína, aconselha-se consumir em água. Sua composição nutritiva abrange importantes vitaminas e minerais.


atum


2.- Ovo:


É um dos alimentos mais comuns da dieta diária, tanto a clara como a gema têm um alto conteúdo de proteínas, além disso, contém vitaminas, minerais e lecitina. Seu conteúdo de proteína de alto valor biológico.


ovo


3.- Leite de vaca:


Aconselha-Se escolher leite desnatado, porém leite integral conserva intactas as proteínas e cálcio.


leite de vaca


4.- Carne magra de vaca: (res)


Alimento com 20% de proteínas. Este tipo de carne é uma das mais apreciadas, é altamente nutritiva e que encabeça a lista dos alimentos proteicos de origem animal.


carne de res


5.- Queijo de cabra:


É um queijo com baixo teor de gordura, é uma excelente fonte de vitamina D, o seu consumo de proteína é maior do que a de vaca, e é de muito boa qualidade.


queijo de cabra


Recursos de proteínas:


40 Alimentos ricos em proteínas que sabem delicioso


Tipos de proteína que você deve tomar para aumentar sua massa muscular


Como tomar proteínas para aumentar músculo


9 Benefícios das proteínas vegetais