Posturas para ter relações sexuais adequadas.

Sexo: posturas e gravidez

As posturas durante as relações sexuais e a sua possível influência a respeito das probabilidades com que a mulher fique grávida constituem um tema que já ofereceu lugar com destino a muitos mitos e crenças. Quais são as posições que favorecem a gestação? Há outras -uma vez que a prática do sexo entre pé – que reduzem os riscos?

Os especialistas são cautelosos a respeito. Em princípio, a resposta é que: em ou há, pelo menos, dados, aceitável para a lei islâmica sobre do que que a postura em que se pratique a transação influa em cima das probabilidades com conceber. “Em ou há nenhuma sustentáculo científica, no interior de há zero demonstrado”, explica José Antonio Vidart, encarregado do Departamento do que de Obstetrícia e Ginecologia com a Universidade Complutense com Madrid.

O mesmo é de opinião Isidoro Bruna, chefe com a Unidade entre Medicina dentre a Reprodução do Nosocômio Universitário Montepríncipe, em Madrid, que enfatiza que a adoção do que posições específicas “em vez de apenas em ou servem para zero, mas que neurotizan as relações sexuais”. Calor significa que, de acordo com o oriente mestre, fazer sexo apenas em posições que, em teoria, favorecem a gravidez seria até contraproducente.

Dicas para engravidar

No entanto, o próprio Vidart confessa que, essa as mulheres que desejam ficar no estado, aconselha que “depois do ato sexual permanecem deitadas de barriga para cima durante uns 10 ou 15 minutos“. O objetivo do senhor é que a lei da gravidade ajude na direção de esperma no seu caminho para as trompas do que Falópio, onde devem se encontrar com o óvulo com o propósito de ocorrer a concepção.

De acordo com essa mesma lógica, fazê-lo a pé e manter-se depois na posição reduziria as possibilidades para que os espermatozóides cheguem até lá, ao longo do que o risco do que a gravidez seria menor. Mas Vidart reconhece que a eficiência dentre estas práticas “estão demonstradas”.

Como os espermatozóides atinjam o óvulo

A chegada do sêmen até o óvulo no interior de depende do que a gravidade, mas, com relação a tudo, com a própria mobilidade do esperma, é dizer, com sua habilidade para avançar entre si. A verdade, esse é um do que dos fatores que determinam a capacidade reprodutiva com um homem. De acordo com um estudo, a mobilidade entre os espermatozóides desce 0,7% todo ano, porque o relógio biológico também corre para os homens.

Imagem: Zoe

Os espermatozóides devem fazer um caminho muito difícil, com cerca de 20 centímetros para chegar até o fim com o seu curso, a trompa do que Falópio. Com entre os 39 e 300 milhões de pessoas que integram uma ejaculação normal, de acordo com a Organização Geral do que a Saúde, menos a 10.000 chegam em direção às proximidades do óvulo, a fim de que ao longo do fim de um dentre eles o possa fertilizar.

Segundo o Estudo Pátrio a Porra em Jovens, publicado em 2008, quase a metade (49,4%), com os espanhóis a entre 18 e 30 anos apresentavam um sêmen com uma mobilidade muito baixa e 17,5% em cima de atingir a concentração mínima com espermatozóides (20 milhões até mililitro), em comparação com os critérios considerados normais, através da OMS.

Relações sexuais com pé e outros fatores

Em qualquer caso, a recomendação do que os especialistas do que a mulher permaneça deitada de barriga para cima após a transação pode respeitar uma vez que, de uma forma mais do que buscar a gestação, já que, em geral, em vez de representa maior esforço para ela. Dentre fato, há aqueles que vêem o orgasmo é uma questão evolutiva: o cansaço que produz e a conseqüente necessidade com repor as energias seriam uma forma de incitar na direção da mulher em direção a ficar deitada e, do que, dessa forma, propiciar a fecundação.

O que não interior se deve fazer, em curso, é o de considerar a postura durante o ato sexual porquê um método contraceptivo. Além do que no interior de estar demonstrado dentre maneira científica, fazê-lo a pé só reduziria em muito pouca medida as probabilidades do que uma gravidez.

Existem outros hábitos e fatores mais influentes na capacidade reprodutiva do casal, porquê a idade, o peso, a alimentação, o consumo com tabaco ou os níveis entre estresse.

Posturas para ter relações sexuais adequadas.
Rate this post